1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

DISTRITAIS (26 de Novembro)

Divisão d’Elite Pro Nacional

Liderança a dois

O Pedras Rubras empatou a zero na deslocação ao terreno do Leça e permitiu ao Sobrado, que venceu em São Pedro da Cova, igualar os maiatos na frente da tabela com 24 pontos. As duas equipas são seguidas de perto pelo Rio Tinto que, ao empatar em casa a três golos com o Aliados Lordelo, perdeu uma excelente oportunidade de regressar ao primeiro lugar. Porém, apenas dois pontos separam os homens de Ricardo Jorge dos dois primeiros e já no próximo domingo deslocam-se ao terreno do Pedras Rubras.

Continuar...

FC Felgueiras 1932 é líder da série B

As mudanças nas quatro primeiras posições da tabela do Campeonato Nacional de Seniores, à 10ª jornada, foram quase nulas. No entanto há novo líder na série B, com o FC Felgueiras 1932 e o V. Guimarães B a aproveitarem a escorregadela Varzim, em casa do FC Felgueiras 1932, para se imporem nos dois primeiros lugares, com 20 pontos cada. 

Continuar...

II Liga: Portimonense vence Covilhã e assume liderança

O Portimonense alcançou no passado fim de semana a liderança da II Liga, após vencer em casa o Covilhã por duas bolas a uma. Os algarvios marcaram primeiro e, beneficiando da vantagem numérica em campo, conseguiram a vitória na segunda parte com um golo de Zambujo. Com 33 pontos, o Portimonense chega assim ao topo da tabela classificativa, depois do Moreirense, antigo líder, ter empatado com o Leixões a uma bola.

Continuar...

Desconcentração traz derrota para o Gaia

No passado sábado, o FC Gaia recebeu em casa o Sanjoanense para disputar uma partida referente à 10ª jornada da 2ª Divisão do Campeonato Nacional de Seniores. O Gaia entrou bem no jogo, dominou toda a 1ª parte e chegou ao intervalo com uma vantagem de 5 golos. Na 2ª parte os papéis inverteram-se e foi a vez de o Sanjoanense assumir o controlo da partida e acabar por conseguir a reviravolta, vencendo por 22-24.

Continuar...

Entrevista: Nélson Vieira, treinador dos juniores “Os juniores são um escalão em que já se fala muito em competição”

Quais os objetivos que tem traçados para o escalão de juniores?

Os objetivos passam por cada vez termos melhores condições em termos de formação, apesar de os juniores ser um escalão em que já se fala muito em competição. Mas, para nós a realidade que o andebol vive é que este escalão se insere no meio da formação e da competição. Os objetivos passam, naturalmente, por formar cada vez mais e melhor os atletas, para potenciá-los a jogar mais à frente no plantel sénior. Este ano cerca de 5 jogadores já jogam regularmente com os seniores.

Continuar...

Espetaculos

Também no Facebook

Últimas